Sorvete Caseiro da Vó Dinah

2245087580 bc6c65a1a3 o Sorvete Caseiro da Vó Dinah

Zero de gorduras trans, nenhuma necessidade de usar máquinas ou aparatos especiais, com ingredientes que o Leitor e a Leitora queridos sempre têm à mão (ou na mercearia mais próxima), tão fácil de fazer quanto pudins de caixinha e com gosto de domingo em família, tenho com esta sobremesa um longo e constante caso de amor.

Diretamente do caderninho da Vó Dinah, que se encontra sob minha guarda, reproduzo aqui a receita, acrescentando uma ou outra astúcia que intento dividir com sorveteiros e sorveteiras de primeira viagem.

Ingredientes:

  • 6 ovos (clara e gema separadas)
  • 1 lata de leite condensado (a vó se recusava a usar qualquer outra marca que não aquela cuja embalagem agora tem cintura – estou certa de que a nova configuração não a agradaria nada-nada)
  • 2 vezes a mesma medida da lata de leite integral
  • 1 lata de creme de leite
  • 6 colheres de sopa rasas de açúcar
  • 2 colheres de sopa cheias de achocolatado em pó

Como fazer:

  1. Comece fazendo o creme amarelinho do fundo. Gosto de passar as gemas por uma peneira para retirar delas aquela membrana e evitar que o doce tenha gosto de ovo. Sobre as gemas, numa leiteira ou panelinha, acrescente o leite condensado e o leite. Mexa bem para dissolver e leve ao fogo brando, mexendo sempre, somente até a mistura engrossar. Atenção! Cremes feitos com gemas requerem carinho e podem talhar quando atingem a fervura. Tão logo perceba que o creme cobre as costas da colher de pau, como mingau ralinho, desligue o fogo.
  2. Despeje o creme amarelo numa vasilha que possa ir ao freezer. Ele ocupará metade do recipiente, pois o restante será habitado pelo creme branco e o de chocolate.
  3. Bata as claras em neve. Na falta de uma batedeira, ou mesmo de um batedor manual de arame, não se acanhe! Passe a mão em dois garfos e chacoalhe as pelancas do adeus. Vai demorar uns minutos a mais, mas o resultado será tão bom quanto. As claras estarão ‘em neve’ quando ficarem branquinhas e formarem uns picos (aqui, prefiro recorrer à nomenclatura lusa, que em vez de ‘em neve’ apresenta ‘em castelo’, expressão ao meu ver tanto mais poética quanto precisa para instruir o Leitor e a Leitora).
  4. Às claras, adicione as colheres de açúcar e misture. Some a esse suspiro o creme de leite sem soro, misturando bem. Para retirar o soro do creme de leite, abra a lata (sem sacudir, mexer ou virar muito), enfie uma faca entre o creme e a parede da lata para deixar o ar entrar e, ainda com a faca ali dentro, incline a lata para deixar escorrer o soro.
  5. Despeje pouco mais da metade desse creme branco sobre o creme amarelo. Ao que restou, adicione o achocolatado, misture bem e despeje por sobre o sorvete para finalizar, de modo aleatório ou decorativo (na porção que recortei da foto, só tem chocolate, mas a cobertura fica mesclada).
  6. Leve ao congelador até firmar bem (gosto de fazer essa sobremesa com um dia de antecedência e retirá-la do congelador uns 15 minutos (ou meia hora, se o dia estiver frio) antes de servir.


22 comentários em “Sorvete Caseiro da Vó Dinah

  1. Vicki

    Nossa, que maravilha! Ainda to em regime de engorda causada por visita de amigos queridos + carnaval, entao tenho ate sexta ainda para me esbaldar. Acho que vou incluir esse sorvetinho…

    beijosssss

    Responder
  2. Paula Amanda

    Dadivosa,

    Eu também faço esta receita e tenho uns amigos que a chamam de sorvete da serra elétrica, porque uma vez ele ficou muuuuito duro e ninguém conseguia cortar!!!!!

    Experimente fazer um caramelo bem mole, não deixe vidrificar e coloque no fundo da forma, dá um sabor irresistível!!!!!!!

    Abraços,
    Paula Amanda

    Responder
  3. vania bernardes de paula artiaga

    que legal saber que existem pessoas que nao se estressam com pouca coisa,e que ainda ve na vida um colorido maravilhos,tudo de bom pra vc e muita paz.acho que eu que sou nova por aqui,mas vc nao tem foto ai,todos os blogs tem(bom alguns né)rsrsr queriamos ver a dadivosa corajosa,lutadorae que tanto nos alegra com um blog pra de anormal,(no bom sentido)fique com DEUS.

    Responder
  4. Vera Lúcia

    Receita maravilhosa, será que com adoçante ficaria bom,pra quem não pode consumir açucar a troca seria o milagre dos deuses.vou tentar subistituir, e vercomo fica.bjs.

    Responder
  5. kaeol

    Parabéns pela receita e pelo jeito gostoso de ensinar. Vou fazer aqui e tenho certeza que vai ficar bom.eu adoreeeeeeeee!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
  6. Angie

    Achei o que sua avó escreveu mais fácil do que a sua reprodução. Sua avó causa a impressão de ser firme e objetiva. Ao estilo das boas matérias primas de antigamente Afe, sorry é meu vício de professora que já virou T.O.C Mas a receita parece boa. Vou fazer adoro receitas antigas

    Responder
  7. hadaljyza Soria

    As receitas antigas são sempre bem vindas, esta é maravilhosa e como nossos avos sem ter os produtos de hoje em dia que tornam a nossa vida mais facil, cheguei fazer esta receita quando foi postada, mas hoje não é mais necessario usar ovos ou gelatina para dar volume ao sorvete jái existe produtos naturais e vegetais a base de frutas para fazer o aeramento do sorvete no meu caso eu uso o frutani que encontrei na internet. fica um sorvete igual ao comprado

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>




Arquivos

Post aleatório

Tomates com Segredo

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail