Sopa fria de tomates com…

4326093918 fc4b768bd0 Sopa fria de tomates com...

…melancia!

Essa vai para o Leitor e a Leitora queridos que vivem dias de caloredo. Testei a receita uns dias antes de voltar à lida e ao frio, volta essa que, com o rebuliço em que se encontrava a vida lá fora e o coração que andava apertado aqui dentro, não me sobravam tempo nem ganas para passar por aqui. Mas Dadivosa saiu da clausura e veio aqui contar pra vocês dessa sopa boa, facilíssima, refrescante e que me fez ficar por diiias com Jorge Benjor na cabeça.

Porque poderia muito bem batizar essa receita com vodca e beber feito um bloody mary tropical. Alcohol! Só para desinfetar :)

Desinfetar e desejar a todos um doismiledez bem feliz!

Ingredientes: (para uma porção gulosa, duas comedidas, ou vários copinhos adornados pela vodca)

  • 1 tomate picado
  • 1/2 colher de chá de açúcar
  • 50 ml de água
  • sal a gosto
  • pimenta-do-reino moída na hora a gosto
  • manjericão fresco
  • gelo picado
  • 2 xícaras de chá de melancia picada
  • tabasco

Como fazer:

  1. Leve ao fogo o tomate, a água, o açúcar, pitada de sal e de pimenta. Cozinhe até o tomate amolecer (no meu fogão, foram 5 minutos). Triture tudo no mixer ou liquidificador, coe e reserve.
  2. Triture o tomate coado com a melancia, coe tudo de novo (se você, como eu, tiver esquecido de tirar as sementes) e deixe esfriar bem na geladeira.
  3. Para servir, deite um bocado de gelo picado num prato fundo ou copo, pingue umas gotas de tabasco, salpique ali umas folhinhas de manjericão picadas e despeje a sopa fria. Se tiver vontade, recomendo bem fazer da sopa um quase drink e adicionar um chorinho de vodca.

A idéia veio de minha companhia de todas as noites madrilenhas, o Canal Cocina.



2 comentários em “Sopa fria de tomates com…

  1. Waguinho

    Dadivosa amiga,
    neste exato momento estou sozinho em casa e me dateu uma fome e não tenho nada em casa, então vim me socorrer na “dadivosa” que tem algumas receitas simples, mas deliciosas. Ainda não achei a receita para o “nada”que tenho em casa.
    Vou continuar a procurar e assim mato a saudade dos teus textos.
    Grande beijo.
    Waguinho

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>




Arquivos

Post aleatório

Aipim com Bacon

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail