Pão de Liquidificador

247600220 c47e5d2b5c Pão de Liquidificador

Tenho assim uma espécie de paúra de fazer pão. Falta-me a paciência de ficar sovando a massa, acho. Ou a disciplina de seguir com cuidado as proporções das receitas.
Com isso, de cada cinco tentativas, apenas uma vinga e pode ser digna de continuar na cozinha após sair do forno.
Mas a receita que compartilho com vocês, amigas leitoras prendadas e amigos leitores dadivosos, é totalmente à prova de desastres culinários. A massa cresce linda e feliz e tudo o que você precisa fazer é cuidar do forno.

Ingredientes:
1 x cha de óleo
1 x chá de açúcar
3 ovos
1 colher de chá de sal
1 litro de água morna
30g de fermento biológico fresco
1 kg de farinha de trigo

Como fazer:

  1. Bater tudo no liquidificador (precisa ser em duas vezes, senão não cabe).
  2. Despejar em fôrma grande de pão, untada com óleo, cobrir com plástico-filme e com um pano de prato.
  3. Esperar crescer por mais ou menos 20 minutos e levar ao forno preaquecido em temperatura média para baixa até dourar.

Dessa vez fui prudente, esperei o pão esfriar para tirá-lo da forma e deu tudo certo. Fiz apenas metade da receita, que rendeu um pão bem grande.

Não sei se alguém quer saber, mas vou contar como fiz para medir a metade de 3 ovos. Quebrei-os um a um, para certificar-me de que estavam bons, e despejei numa jarrinha medidora. Mexi ligeiramente com o garfo, só para misturar a clara e a gema, marquei a medida que alcançaram e despejei a metade no liquidificador :)

.*. Atualização .*.

Tinha esquecido de contar que essa receita foi retirada de um livretinho de banca de jornal, com 16 páginas, em formato A5, que custou R$ 0,99!

O título é Receitas com Pão de Forma, da coleção Puro Sabor, Editora Alto Astral. Na contracapa tem essa receita mágica para a senhora dona de casa preparar seu próprio pão.



38 comentários em “Pão de Liquidificador

  1. Renata

    Eu tenho uma receita de pão que fazia sempre quando morava em Fortaleza e que dava certo em 75% das vezes (fiz várias cálculos para chegar a esse percentual, tá?). O problema dela é que é fundamental baixar o espírito do padeiro para fazer a massa e moldar os pedaços todos à mão, além de uma superfície adequada e ampla o suficiente. A cozinha também fica uma zona depois. Acho que fazia bem mais coisa na cozinha quando não precisava limpar tudo depois :P

    A receita, a título de comparação:

    – dois tabletes de fermento biológico fresco;
    – 1 xic de leite morno;
    – 6 ovos;
    – 1 kg de farinha de trigo;
    – 1/2 xíc. de manteiga derretida;
    – 7 c.chá de açucar;
    – 1 1/2 c.chá de sal

    P.S: Queria algo como isso, mas tenho muito medo de que vire um acessório empoeirado na cozinha!!

    Responder
  2. Dadivosa

    Renata, vou testar essa sua receita, que tem carinha de ser bem boa! E a sujeira às vezes faz parte da brincadeira, né não?
    Mas essa minha do liquidificador quase não faz balbúrdia na cozinha, menina. É mesmo um achado!
    Quanto à máquina de pão, já conversei com leitoras dadivosas que possuem o utensílio, pois também tenho as mesmas dúvidas que você. O que eu descobri foi que algumas moças usam a maquineta somente para sovar e deixar crescer a massa, moldando os pãezinhos na mão mesmo. Ainda não cheguei a uma conclusão, mas por enquanto prefiro encarar o desafio sem a ajuda de nenhuma geringonça :)

    Responder
  3. Akemi

    Menina, que fatia apetitosa vc fica nos tentando! Hummm, por acaso é requeijão??? Adoro, mas custa os olhos da cara aqui! Que maravilha de receita, a prova de qualquer erro! Super prática!

    Responder
  4. Cristiane

    Parece ser muito bom este pão e prático. Só tenho uma dúvida: a farinha de trigo também vai no liquidificador? Tenho medo de ficar muito “pesada” a massa. Ou mistura fora? Quanto ao requeijão tenho uma receita que parece ser muito boa (ainda não testei)

    Responder
  5. Dadivosa

    Akemi, também senti a maior falta quando morei longe.
    Cristiane, pode bater tudo junto sim, sem medo. Usei meu liquidificador véio cansado de guerra e tudo o que eu precisei fazer foi desligar e misturar um pouco com a espátula de borracha para desgrudar uns gruminhos de farinha de trigo que estavam presos na lateral do copo. E essa receita de requeijão, hein? Manda pra mim que eu testo aqui :) vai ser mais uma para eu avaliar antes de publicar…
    ;***

    Responder
  6. renata

    Dadivosa, essa receita promete. Já fiz um tal de pao de minuto receita de liquidificador e foi um desespero. Virou pedra, uma rocha hi hi. O teu, queria dar ao menos uma dentada com um bocão bem aberto. Bj

    Responder
  7. Faby

    Dadi, minha pérola.. seu pão está lindo de matar e eu o testarei amanhã mesmo…mas (sempre tem que ter um mas) pretendo fazer uma adptação com uma ouuutra receita de pão que passaram pra nós no Rainhas…na verdade lá é um pão de ervas mas o preparo é mais complexo… como o seu parece simples, acho que as ervas podem entrar numa boa né? Ou ainda usar um resto de nozes trituradas que eu tenho….yummmy! MUitas idéias.
    Depois eu conto.

    Beijuca
    Faby

    Responder
  8. Lara

    Menina, às vezes tenho uma fase d esurto de fazer pão. Passei este fim de semana fazendo pão e, o pior, comendo!!! É bão dimais, tão bão que é difícil parar. Um beijo!

    Responder
  9. Dadivosa

    Faby, quero saber tudo sobre esse pão de ervas. Acho que essa receita de liquidificador pode bem acomodar vários ingredientes extras sim.

    Karen, é requeijão :D

    Lara, seus pães são lindos, imagino que sejam irresistíveis também. Pensando bem, vai ver é até bom que nem todos os pães que faço fiquem a contento, né?

    ;***

    Responder
  10. miki

    dadivosa, acho q vou me aventurar com a sua receita. meus pães sempre ficam tristes, feios, embatumados e murchos… parodiando uma amiga “já desisti dessa arte” (ou quase ;-)! a foto está muito apetitosa, adorei!
    bjs, miki

    Responder
  11. Veia

    Muuuito tempo atrás qdo cheguei em SC, aprendi a fazer esse pão com uma moça “tola” como ela mesma se dizia chamar. Depois esqueci, dia desses tricotando com uns e outros achei a receita aqui. E fiz, olha filha! a coisa foi muito engraçada, fiz metade da receita achando que uma forma de pão daria conta do recado, mas eis que a massa disforme começa a Crescer CRescer CREscer CREScer CRESCer CRESCEr e CRESCER e não para! qdo percebi (eu tava descansando e achando que ela tb!) era massa em todos os lugares menos onde devia na, fôrma. Tá, em tempo passei o que consegui da massa pra outra fôrma, que tb. CRESCEU muuuuito, então botei pra assar e sairam dois pães IMENSOS e doces! acho que botei sal de menos. Mas o pão mesmo, despois de assado ficou bem gostoso! Obrigada!

    Responder
  12. Dadivosa

    Véia, esse pão cresce que é uma beleza, precisa ficar de olho mesmo. Agora me diz uma coisa… você não vai mostrar pra gente as maravilhas que faz nesses teares não?
    Beijo e volte sempre!

    Responder
  13. Veia

    tô muito véia pra essas coisas, haha! agora pouco é que me atrevi a viajar sozinha por ai e tô achando ótimo! e de máquina na mão então, vou é me perder, tenho até medo, na verdade nem tenho essas maquininhas mudernas, não. Minha máquina é um pentax antigaaaaaa que eu faço tudinho assim no olho e não mão, dá um trabalho!
    Mas olha, se vc. continuar fazendo esse blog tão bom eu vou me inspirando e ainda compro uma! vou te visitar sempre.
    Abraços da véia.

    Responder
  14. Dadivosa

    Ah, Véia, até parece, mulher! Você é muito da charmosa com sua Pentax :D Sabe, não precisa ter câmera digital, não. Se você conhecer alguém gentil que tenha um Scanner, você pode pedir pra ele/ela digitalizar umas fotinhas pra você, assim a gente pode ver suas maravilhas de tear e também suas comidinhas :D
    Beijo

    Responder
  15. MLN

    Olá Dadivosa…
    Perfeita essa receita!!! Estou morando sozinha e não aprendi a gostar do “pão de padaria”. Também não tenho tempo nem paciência para sovar e sovar massas, como minha mãe costuma fazer…,mas… passando por aqui resolví tentar essa novidade e…não é que deu certo?! tive pão para a semana inteira e olha que continuou fresquinho e saboroso. ah!!! e já tenho dicas : – Quando estiver colocando a massa na assadeira, deixa a metade e bate com um pouco de Mel, Leite Condensado, ou chocolate que ele fica uma delícia. Assim tenho pães doce e Salgado*~.~*
    BJTos

    Responder
  16. Sheila

    Tambem amei essa ideia do liquidificador !!!!! Sou PÉSSIMA de cozinha, mas me animei a tentar essa receita . Alguem já tentou esse pão com fatinha integral ? Qual seria o tipo e tamanho de forma que devo usar ? (dá pra ver q nao entendo da coisa, né?) kkkkk
    Obrigada,

    Responder
  17. Mari

    Deu super certo..já fiz 2 vezes… eu não tinha forma de pão e fiz na de bolo pequena (uma vez na de teflon e outra na de alumínio mesmo)achei que ia durar a semana inteira mas chegou visitas e comeram tudo .. Parabéns pela receita …..Abraços

    Responder
  18. Monica

    Ola meninas! Peco desculpa por repretir a pergunta da Juliene mas precisava mesmo de saber se e possivel usar fermento biologico seco em vez do fresco, pois eu vivo nos estados unidos e por aqui nunca vi fermento fresco! Obrigada!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>




Arquivos

Post aleatório

Amor em Penca

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail