O filme que quero ver de novo

2359289545 5e6b356ab8 o O filme que quero ver de novo
(Foto: divulgação)

O Leitor e a Leitora que andam a passear por receitóblogs já tomaram ciência de que a agência Salem convidou autores e autoras de sítios de gastronomia, culinária, cultura, cinema, publicidade e afins para a pré-estréia do filme Estômago.

Foi no Cine Bombril - mais precisamente há uma semana – e não me ocorre na cachola nada a acrescentar ao muito que já foi (bem) dito por tanta gente espirituosa, criativa, detalhista, inteligente, engraçada, misteriosa que esteve na cabine.

Só posso fazer engrossar o coro e o caldo daqueles a quem o filme apeteceu, agradecer à agência pelo simpático convite, rir sozinha a pensar no espetacular protagonista e sua não menos boa turma da cadeia, me sentir meio Íria ao atacar azeitonas pretas na geladeira e daqui pra frente lembrar dela sempre que usar alcaparras (‘coisa chique!’),  quebrar a cabeça para bolar umas receitas inspiradas no filme que acabo por achar bobocas e muito aquém da obra, olhar o queijo gorgonzola com mais benevolência, ter vontade de fazer umas experiências culinárias com angostura, sorrir ao pensar no ‘pudê’ de uma boa comida, aguardar até a estréia do filme em 11 de abril para ver tudo de novo e, quem sabe, escrever algo decente a respeito.

Sobre o que já foi dito, vou tentar listar aqui algumas impressões de quem por lá esteve. Se o Leitor e a Leitora virem mais algum post por aí, pode me avisar que incluo o link para o autor, pois deve haver bem mais, é certo que me olvidei de alguém:

Publicado por Dadivosa em


5 comentários em “O filme que quero ver de novo

  1. Alessandra

    Ola,

    Caí de para-quedas em seu site, vasculhando a rede p/ achar uma receita de ricota e me deparei com o seu “labane”, já corri p/ o mercado e comprei o tal saquinho.
    Fiquei tambem feliz em saber que não sou nenhuma louca por gostar de cozinha, e que passar o fim de semana preparando delícias p/ minha família e amigos não constitui em perda da sanidade mental.
    Marido, mãe e amigos (as únicas que aprovam são minhas filhas, por puro interesse, é claro), vivem me perguntando o por que de eu mesma preparar o almoço, o fundue, o sorvete, como se eu estivesse me penitenciando. Qd respondo que é por prazer, eles se entreolham e sinto que sentem pena de mim.rsrsrs

    Um grande beijo querida, esse espaço é incrivel.

    Responder
  2. Eduardo Luz

    Eu também estava lá e não publiquei nada ainda pois vou esperar o livro de receitas e fazer uma noite especial sobre o Estômago ( o filme e o nosso!! rsrs).
    Só dei a sugestão aos organizadores do evento que deveriam criar um programa com maior troca de informações entre os blogueiros. E o teu texto sobre o filme está muito bom !

    Responder
  3. Michel

    Eu queria muito fazer parte do grupo de blogueiros que foram à pré-estréia, mas tudo bem vou me contentar como os pobres mortais que irão quando sair no cinema de vez. kkkkk

    Abraços

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>




Arquivos

Post aleatório

Um varal na despensa

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail